13/07/2021

Os 6 planos de dieta mais saudáveis e sustentáveis

lifestyle saudavel planos de dieta dietas saudaveis sustentaveis jejum saude nutriçao alimentaçao vegan vegetariana dieta paleo mediterranica viver melhor

Perder peso sempre foi um assunto muito abordado por toda a internet. Isto devido ao facto de cada vez mais as pessoas procurarem a forma ideal de atingir esse objetivo. Contudo, existem os mais variados planos de dieta e formas de perder peso.  

É importante relembrar que cada um é cada um, ou seja, o que se adapta a uma pessoa pode não se adaptar a outra. Por isso, hoje em dia, existem vários planos de dieta, de forma a que cada pessoa consiga encontrar o que melhor se adapta ao seu estilo de vida. 

Por outro lado, o facto de existirem muitos planos de dieta disponíveis, pode dificultar a escolha. Contudo, o importante, é escolher um plano que seja saudável e ao mesmo tempo sustentável. 

Perder peso pode ser muito importante, mas a tua saúde tem que estar sempre em primeiro lugar. Por isso, nós vamos mostrar-te seis planos de dieta que te podem ajudar a perder peso de forma saudável. 

Como perder peso de forma saudável e sustentável?

1. Jejum intermitente

Esta é uma estratégia que circula entre os períodos de jejum e alimentação. Baseia-se em restringir o tempo de permissão para comer.  

Ter um espaço de tempo específico para ingerir calorias é uma ótima forma de perder peso. A não ser que comas demasiado durante os períodos permitidos. 

Segundo estudos, o jejum intermitente pode aumentar a queima de gorduras enquanto preserva a massa muscular. E dessa forma, melhorar o metabolismo 

Em geral, este é um dos planos de dieta mais seguro para a maioria dos adultos saudáveis. Contudo, se és sensível à queda dos níveis de açúcar no sangue, se estás grávida, ou a amamentar, deves consultar um profissional de saúde antes de o iniciar. 

Outros benefícios:

2. Dieta Vegetariana e Vegan

Uma dieta à base de plantas também te pode ajudar a perder peso. O vegetarianismo e o veganismo são as formas mais conhecidas, estas restringem os produtos de origem animal por razões de saúde, éticas e ambientais.  

No entanto, também existem dietas vegetais mais flexíveis, como a dieta flexitariana. Esta baseia-se em vegetais, mas permite comer produtos de origem animal com moderação. 

No geral, na dieta flexitariana não existem regras claras, pois no fundo é mais uma mudança do estilo de vida que propriamente uma dieta. Incentiva a ingestão de frutas, vegetais e grãos inteiros, e permite a ingestão de proteína animal de forma moderada e controlada. 

Pesquisas mostram que estas dietas à base de vegetais são eficazes para perder peso. Um dos motivos, é o facto de serem ricas em fibras, o que ajuda o corpo a ficar saciado por mais tempo. 

Contudo, o ponto negativo é que ao restringir os produtos de origem animal, tiramos nutrientes importantes ao nosso corpo. Como por exemplo, ferro, vitamina B12, vitamina D, cálcio, zinco e ômega-3. 

Outros benefícios: 

3. Dieta com baixo teor de carboidratos

Esta dieta está entre as mais populares para perder peso. Baseia-se na redução da ingestão de carboidratos em favor de proteínas e gorduras. Dessa forma, a proteína ajuda a conter o apetite, aumenta o metabolismo e conserva a massa muscular. 

Além disso, as dietas com baixo teor de carboidratos são bastantes eficazes na queima de gordura abdominal prejudicial. 

Muitos estudos indicam que estas dietas podem ajudar a perder peso de forma mais eficaz que as dietas convencionais de baixo teor em gordura. 

Em contrapartida, estas dietas podem ser muito difíceis de seguir e em algumas pessoas, podem aumentar os níveis de colesterol.  

Outros benefícios: 

4. Dieta Paleo

A dieta paleo consiste em comer os mesmos alimentos que os ancestrais caçadores supostamente comiam. Além disso, os seus defensores acreditam que o corpo humano não evoluiu para processar legumes, grãos e laticínios, e que as doenças modernas estão ligadas à dieta ocidental. 

Basicamente, esta dieta recomenda a ingestão de alimentos integrais, frutas, vegetais, carnes magras, nozes e sementes. E restringe o consumo de alimentos processados, grãos, açúcar e laticínios. 

Muitos estudos provam que a dieta paleo pode ajudar na perda de peso e a reduzir a gordura abdominal prejudicial. Além disso, provam que pode ser mais satisfatória do que outras dietas populares, devido ao seu alto teor de proteína. 

Outros benefícios: 

5. Dieta com baixo teor de gordura

Assim como a dieta com baixo teor de carboidratos, esta também é popular há décadas. 

Em geral, uma dieta com baixo teor de gordura restringe a ingestão de gordura a 30% das calorias diárias. Contudo, em alguns casos, pode mesmo limitar a gordura a menos de 10%. 

Baseia-se no consumo de vegetais e limitam a carne e os outros produtos de origem animal. Dessa forma, com a restrita ingestão de calorias, ajuda na perda de peso. Esta dieta mostra-se bastante eficaz especialmente em pessoas com obesidade. 

No entanto, restringir demais a gordura pode levar a problemas de saúde a longo prazo. Pois a gordura desempenha um papel fundamental na produção hormonal, na absorção de nutrientes e na saúde das células. 

Outros benefícios: 

6. Dieta Mediterrânica

Esta dieta é baseada em alimentos que se costumam comer em países como a Itália e Grécia. Embora tenha sido projetada para reduzir o risco de doenças cardíacas, vários estudos indicam que também pode ajudar na perda de peso. 

Baseia-se na ingestão de frutas, vegetais, nozes, sementes, legumes, tubérculos, grãos inteiros, peixes, frutos do mar e azeite de oliva. Contudo, alimentos como aves, ovos e lacticínios devem ser consumidos com moderação, e as carnes vermelhas são limitadas. 

Além disso, a dieta mediterrânica restringe grãos refinados, gorduras trans, óleos refinados, carnes processadas, açúcar adicionado e outros alimentos processados. 

Todavia, é importante dizer que para que esta dieta seja eficaz na perda de peso, é necessário conjugá-la com exercício físico. Pois, de outra forma, o mais provável é não gerar o resultado pretendido. 

Outros benefícios: 

Para concluir

Existem muitas dietas que te podem ajudar a perder peso de forma saudável e sustentável. Sendo assim, só depende de ti encontrar a que melhor se adapta ao teu estilo de vida. 

Não vás em tendências nem te deixes enganar com as dietas da moda. Pode parecer fácil e rápido perder de peso, mas o mais importante é cuidar do teu corpo como ele merece. Podes muito bem seguir uma dieta para perder peso de forma feliz, sem te privares de comer e fazer o que gostas. 

Esperamos que este artigo te ajude a planear a tua dieta. Priorizando sempre a tua saúde e a tua felicidade.

Os comentários estão fechados.