29/09/2021

Contar as calorias pode ajudar a emagrecer?

lifestyle saudavel contar calorias emagrecer perder peso dieta saude nutricao desporto caloria kcal defice calorico metabolismo stress acucar alimentacao saudavel viver melhor

Para atingir o peso ideal, toda a gente sabe que é necessário queimar mais calorias que aquelas que se ingere. Sendo assim, a contagem de calorias à moda antiga ultrapassou todas as outras formas de emagrecer no último ano. 

Poucas pessoas questionam o dogma “calorias ingeridas – calorias eliminadas”. Esta é a estratégia básica que está por trás dos mais novos programas de perda de peso com tecnologia. No entanto, embora a contagem de calorias seja baseada em verdades, de acordo com nutricionistas, ela simplifica bastante os complexos mecanismos que determinam o peso corporal humano. 

Neste artigo vamos abordar se a contagem de calorias realmente funciona para emagrecer de forma duradoura e se é a prática certa para ti. Continua connosco!

O que é uma caloria?

Uma caloria é uma unidade exata de energia. De forma mais específica, é a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de uma grama de água num grau celsius. 

As calorias dos alimentos são medidas em quilocalorias (Kcal). Todavia, as gorduras são os alimentos com maior densidade calórica, com cerca de 9Kcal por grama. Já os carboidratos e as proteínas têm cerca de 4Kcal por grama. 

O que é o défice de calorias?

Sempre que se fala em emagrecer, o termo “défice de calorias” vem à baila. No entanto, esta é apenas outra maneira de dizer que estás a queimar mais calorias do que o necessário para manter o peso corporal. 

É quase impossível precisar a quantidade de calorias que o nosso corpo necessita. Pois, depende de vários fatores, como o sexo, idade, nível de atividade e peso. Sendo assim, seja qual for a fórmula utilizada, o resultado será apenas uma estimativa. 

Para emagrecer, é recomendado um défice de 500 calorias por dia. Além disso, é importante que se atinga esta meta com uma combinação de atividade física e uma alimentação saudável. 

O metabolismo e a sua importância

O metabolismo é um fator muito importante quando que pretende emagrecer. Pois, existe pouco controle de quantas calorias o corpo queima quando está em repouso. Segundo uma pesquisa, a restrição calórica pode fazer com que o corpo compense de outras formas. Sendo assim, está comprovado que perder peso a um ritmo mais lento, é mais fácil para o metabolismo e mais sustentável a longo prazo. 

A composição corporal também desempenha um papel importante. Ao passo que, os músculos queimam mais calorias, mesmo em repouso, do que gordura. Portanto, mesmo que se queimem calorias com exercícios aeróbicos, é essencial juntar algum treino de força à mistura. 

Outros fatores que afetam o consumo de calorias

Existem muitos fatores que podem afetar a ingestão de calorias. Como por exemplo, quando não se dorme o suficiente, as pessoas têm tendência para comer mais e escolher alimentos com alto teor calórico. Além disso, a restrição de calorias pode aumentar o cortisol (hormônio do stress). O que provoca desejo por alimentos carregados de calorias. 

Outro grande impulsionador da fome são os alimentos processados, aqueles fabricados industrialmente com vários ingredientes e aditivos. Nestes alimentos, o açúcar em excesso, rico em calorias, torna difícil seguir uma dieta de controle calórico. Pois, quando se faz um lanche cheio de açúcar, o mesmo aumenta drasticamente no sangue e de seguida cai, provocando novamente fome poucas horas depois. Este é um padrão alimentar que pode facilmente sabotar qualquer esforço para emagrecer. 

Por outro lado, existem muitos nutrientes que facilitam o corte de calorias. Como é o caso da fibra e da proteína, que estão associadas a um menor peso corporal. Além disso, as dietas com alto teor de proteína provocam um sentimento de saciedade. Deixando assim, o corpo satisfeito por um maior período de tempo. 

A contagem de calorias funciona para emagrecer?

A qualidade das calorias que se ingere, é tanto ou mais importante quanto a quantidade. Se já tentaste perder peso, sabes que criar um défice calórico é mais difícil do que pode parecer. Pois, contar as calorias pode levar-te a comer alimentos que te vão deixar com fome logo depois. Por exemplo, um peito de frango com brócolos pode ter a mesma quantidade de calorias que uma fatia de bolo. No entanto, o frango vai manter-te com energia durante mais tempo, porque o teu corpo digere as fibras e proteínas de forma mais lenta. Enquanto o açúcar do bolo pode causar oscilações de glicose no sangue, o que desencadeia fome. 

Se pretendes atingir um peso corporal saudável, a contagem de calorias pode ser uma estratégia possível. No entanto, é fundamental andar sempre de mãos dadas com uma nutrição saudável. Pois, caso contrário, o efeito poderá ser muito negativo. 

Contudo, é importante lembrar que contar calorias não é uma prática que funcione com todos. Em particular, as pessoas com histórico de distúrbios alimentares devem evitar o uso desta estratégia. É fundamental escolher conscientemente todas as refeições e lanches, de forma a atingir os objetivos propostos. 

A melhor e mais saudável forma de emagrecer, é fazer pequenos ajustes na dieta e no estilo de vida que vão aumentando com o tempo. Se gradualmente mudares para uma dieta baseada em vegetais e alimentos integrais com baixa densidade energética, vais conseguir perder peso lentamente sem contar calorias.

Os comentários estão fechados.